As igrejas de Lagoa Santa: santuários de fé em nossa cidade

O município de Lagoa Santa, em Minas Gerais, mescla cultura, história, belezas naturais e muita tradição. Diversas pessoas do mundo todo visitam a cidade em busca das famosas igrejas e capelas que encantam fiéis de toda parte. 

Apesar de próxima da Capital, Lagoa Santa mantém suas tradições e preserva seus patrimônios sejam históricos ou naturais, combinando modernidade com sustentabilidade. Mas a fé do povo não reflete apenas no nome. Confira alguns dos principais santuários da cidade: 

Igreja Nossa Senhora da Saúde – Matriz

Vista Externa da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Saúde

A primeira Igreja Matriz de Lagoa Santa foi construída no ano de 1819, próximo a data de criação da freguesia de Nossa Senhora da Saúde de Lagoa Santa, que se dá em 1823, separando-se então da freguesia de Santo Antônio da Roça Grande. Nos anos 60, a Igreja foi demolida e em seu lugar construída outra edificação religiosa, com características modernas. A Igreja Matriz é um marco na história de Lagoa Santa, com sua moderníssima estrutura em forma de abóboda, o Santuário da Padroeira recebe anualmente milhares de fiéis que vêm em busca de milagres, para cura de seus males físicos e espirituais. 

Além disso, a Igreja é símbolo da religiosidade da cidade. O Jubileu de Nossa Senhora da Saúde é a mais tradicional e importante festa de Lagoa Santa. Famosa em todo o estado de Minas Gerais é popularmente conhecida como a Festa de Agosto, realizada em frente à Igreja Matriz. A festa tem o costume de começar no dia dois de agosto e terminar no dia 15 de agosto, dia da padroeira e feriado na cidade. 

Capela Nossa Senhora da Conceição 

Capela Nossa Senhora da Conceição

Segundo registros históricos, a Igreja Nossa Senhora da Conceição foi construída por volta de 1854, no morro do Cruzeiro , sendo considerado um dos patrimônios mais antigos e valiosos da cidade.

A capela foi edificada no local onde se encontra um cruzeiro com os martírios de Jesus. Isso representa um importante marco cultural da época, com traços típicos remanescentes do século XIX.

A “igrejinha” assume a condição de um dos mais belos mirantes da cidade. Ela está situada no ponto mais alto da cidade, na Praça Efigênia Guimarães. De lá, é possível contemplar as belezas da Lagoa Central e das serras do entorno.

Capela Nossa Senhora do Rosário 

Fundada no século XIX, no ano 1858, a capela Nossa Senhora do Rosário, situada no Centro de Lagoa Santa, foi construída por escravos para que pudessem frequentá-la, uma vez que, naquela época, eram proibidos de entrar nas demais igrejas. Tombada pelo Patrimônio Municipal em abril de 2006, atualmente a capela é administrada pela matriz Nossa Senhora da Saúde. 

Celebração do congado de Lagoa Santa, na Capela Nossa Senhora do Rosário

A capela tem extrema importância para a população e para as festividades do congado, como a comemoração do dia de Nossa Senhora do Rosário e suas respectivas padroeiras, no dia 7 de outubro. Além das tradicionais missas e desfiles, um almoço é servido aos participantes. 

Presépios: Tradição que fincou raiz em Lagoa Santa 

No século XVIII, a montagem dos presépios como representação do nascimento de Jesus Cristo, se popularizou na Europa e logo passou a ser realizada em outras partes do mundo. Tradicionalmente, os presépios são passados de geração a geração, com muita devoção e amor em Lagoa Santa. 

Professor cria presépio há 25 anos, em Lagoa Santa — Foto: Reprodução/ TV Globo

Confira outras paróquias para conhecer:

Paróquia Nossa Senhora das Graças 

Rua Nossa Senhora das Graças, 230, Santos Dumont.

Paróquia São Sebastião

Rua Melo Viana, 513, Várzea.

Paróquia Militar Nossa Senhora do Loreto – GABH

Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, s/n°, Vila Asas.  

Compartilhe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Receba conteúdo em primeira mão!

Siga a gente!